Nosso Meio

Em defesa da mídia regional, lideranças da Adjori Brasil participam de encontro na Secom, em Brasília

O grupo, integrado por outras entidades representativas da mídia regional, foi recebido pelo Secretário Especial de Comunicação da Presidência da República, Cel. André de Souza Costa

Em defesa da mídia regional, lideranças da Adjori Brasil participam de encontro na Secom, em Brasília
Foto:
- Núcleo de Mídia da Secom da Presidência da República com as lideranças da imprensa do interior


A força editorial da Adjori Brasil (Associação Nacional dos Jornais do Interior do Brasil), constituída por uma rede de mais de 600 veículos de comunicação, juntamente com a Associação dos Diários - ADI e a Associação Brasileira das Agências e Veículos Especializados em Publicidade Legal - ABRALEGAL , entidades estas que representam os veículos de Comunicação Impressos e Online do interior, a grande mídia regional do Brasil, foi apresentada ao Secretário Especial de Comunicação da Presidência da República, Cel. André de Souza Costa, em encontro realizado na terça-feira, 21, em Brasília. Participaram do evento o presidente da Adjori Brasil e Adjori/SC, José Roberto Deschamps, os presidentes e representantes da Abralegal, Wlamir Freitas, os presidentes e representantes das Adjoris e ADIs estaduais. O deputado federal catarinense, Rogério Peninha Mendonca (MDB), acompanhou o grupo e fez ampla defesa ao secretário, por ser conhecedor da importância do alcance destes jornais no País.



Núcleo de Mídia da Secom da Presidência da República com as lideranças da imprensa do interior

Na oportunidade, as lideranças da imprensa do interior entregaram à Secom um documento com dados sobre as respectivas entidades e a importância dos veículos de Comunicação no cenário nacional.

"A Associação Nacional dos Jornais do Interior do Brasil (Adjori/Brasil), que representa mais de 600 veículos de comunicação de diversas periodicidades, desde novos a centenários jornais impressos em circulação impressa e/ou on-line, diários, bissemanais, semanais, quinzenais e mensais, da Capital ao Interior do nosso país, é sem dúvida a verdadeira referência do meio jornal no país e junto com outras entidades associativas organizadas - a Associação dos Diários do Interior (ADI); a Associação Paulista de Jornais (APJ), com seus diários; a Associação Brasileira das Agências e Veículos Especializados em Publicidade Legal (ABRALEGAL), entre outras entidades do meio, juntas congregam em torno de 1.000 jornais impressos e outro tanto digitais que sabe-se a qualidade que têm, onde circulam em cada Estado, a importância destes como verdadeiros porta-vozes das comunidades. É no Jornal do Interior que o morador encontra a notícia da sua cidade, do meio onde ele vive. É esta Mídia Regional, que chega na casa do leitor e é de fato a Grande Mídia porque tem alcance, tem capilaridade, o conteúdo que o leitor quer. Ela é a maior Rede de Comunicação do país", destacou no encontro o presidente da Ajori Brasil José Roberto Deschamps, representando o grupo presente.


Encontro da entidades no núcleo de mídia Secom / SG - PR



Antídoto à desinformação
As entidades que representam estes veículos colocaram-se à disposição da Presidência da República para a comunicação institucional do Governo Federal, destacando que os jornais do interior crescem em credibilidade e abrangência. Nossa mídia cresce pela força do empresário local. E cumpre o papel social - informação qualificada, geração de empregos, fortalecimento da cadeia produtiva. Reunida, a mídia do interior dos estados brasileiros é, de fato, a grande mídia nacional. Diante do exposto, e da realidade de 'desinformação' que vem prejudicando o bom desenvolvimento do país, colocamo-nos à disposição para colaborar propondo espaços publicitários e convênios de cooperação técnica para a publicação de colunas com conteúdo editorial de utilidade pública em nossos veículos, oportunizando que a mensagem do governo federal alcance um maior número da população brasileira. Assim sendo, havendo interesse, podemos elaborar um plano de mídia que atenda a sua necessidade".
O grupo também apresentou os modelos de convênios públicos firmados no estado de Santa Catarina, com a Assembleia Legislativa de Santa Catarina (em execução com 142 veículos credenciados e homologados), e com o governo do Estado, para publicação de coluna com conteúdo editorial de utilidade pública, de cunho informativo e de orientação social.
"Esse tipo de convênio permite que a comunicação institucional da Presidência da República chegue às pequenas, médias e grandes cidades em todo território nacional, por meio dos veículos de imprensa representados pelas entidades signatárias do documento entregue à Secom", observou o presidente da Adjori Brasil.

Também presentes ao encontro
: Marcos André de Siqueira, Diretor Executivo da Adjori/SC; Wlamir Tadeu de Freitas, Presidente da ABRALEGAL/Brasil; Dr. Bruno Camargo Silva, Advogado da ABRALEGAL/Brasil; Sandra Vieira da Cunha, representante da ADI/RS (Diretora Executiva); Elízio Jacy Siqueira Júnior, Atual Presidente da Adjori/PR; Cidenei Cristian Allebrandt; Próximo Presidente da Adjori/PR; Jair Francisco de Souza, Presidente da Adjori/RS; Amelia Terezinha Bauhmart, da Adjori/RS; Marcelo dos Santos Cunha, Presidente da Adjori/RJ; Joaquim Barroncas do Nascimento, Representante da Adjori/SP.

Tema de relevância
A comitiva em Brasília, composta por presidentes e representantes da ADJORI-Brasil, e suas signatárias de SC, PR, RS e RJ, da ABRALEGAL e ANJ discutiram também o tema de extrema importância não só para a cadeia produtiva mas, sobretudo, para a população em geral, sobre o PL 5317/09, que está na Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público - CTASP da Câmara Federal, agora, com o deputado Tiago Mitraudt (Novo). As entidades se unem por um pedido simples: a supressão do art. 6º. do Substitutivo. Ora, a nova lei de licitações entrou em vigor há pouco mais de um ano e nem foi implementada corretamente ainda, ademais foram derrubados dois vetos de artigos que querem revogar com o PL 5317, se aprovado na CTASP.
"Não é possível convivermos com tamanha insegurança jurídica. Este PL sendo aprovado, poderá ser o fim completo dos pequenos jornais. Estes não receberão nenhum anúncio de publicidade legal dos municípios. Pior, será o fim do amplo acesso às informações de compra com o dinheiro do povo" destaca, o Advogado da ABRALEGAL, Dr. Bruno Camargo da Silva. Como diz o Advogado, o tema é de extrema importância, e vai afetar além da cadeia produtiva, a população em geral, que não terá mais acesso as informações de interesse público.

Atualizado em 27/06/2022


publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade


EDITORIAS
Logo Adjori BR rodapé.fw.png

ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS DO INTERIOR DO BRASIL

SRTVS Quadra 701, Conjunto E - Bloco 01, nº 12, sala 209 - Brasília - DF  |  (061) 3964-1647  |  CEP 70340-902

brasilia@adjoribrasil.org.br  |  [email protected]  |  [email protected]